sábado, 29 de dezembro de 2007

O VENTO


O vento sopra onde quer,
ninguém sabe de onde ele vem
E nem para onde ele vai no seu caminho...
Se vai dar ondas ao mar,
levar a jangada a pescar
Ou se vai fazer trabalhar o moinho...
Assim também viverá
aquele que quiser andar
ao lado de Deus e fazer Sua vontade...
Hoje estará por aqui,
quem sabe amanhã vai partir,
Mas onde estiver é feliz de verdade...
Agradecido em tudo,
sabendo que Deus é Maior
que a vontade dos homens e
todas as forças do mundo...
E seu amor mais claro
que a estrela do céu,
mais doce que um favo de mel
E mais que o abismo do mar,
é profundo...
O vento sopra onde quer,
ninguém sabe de onde ele vem,
e nem para onde ele vai no seu caminho...
Assim também viverá aquele que a Deus se entregar
E nunca, jamais, vai andar tão sozinho...

("O vento" - João Alexandre)